Revista Raízes - Sempre perto de si.|Sexta-feira, Dezembro 15, 2017
Você está aqui: Início » Tema Especial » Aldeamento Turístico de Luxo nasce em Trás-os-Montes
  • Procure um artigo

Aldeamento Turístico de Luxo nasce em Trás-os-Montes 

7

Com uma vista deslumbrante sobre o Trás-os-Montes, o projecto Varandas de Trás-os-Montes Aldeamento Turístico 5 estrelas do Grupo Alfandegatur, detentor do Hotel&SPA de Alfândega da Fé, representa um investimento de 22 milhões euros e vem preencher uma lacuna na oferta turística na região transmontana.
Foi a pensar na diáspora que surgiu este empreendimento pois está a ser promovido ao nível externo em conjunto com a Rota do Azeite de Trás-os-Montes, cujo Roberto Leal é o embaixador.
O objectivo é que os filhos da terra possam regressar e ter a sua casa de conforto turístico, usufruindo quando estão de viagem a Portugal e rentabilizando com aluguer quando não estão. Ficará a cargo do Hotel&Spa – Grupo Alfandegatur toda a sua gestão.
“A Rota do Azeite de Trás-os-Montes deixa aqui o desafio a todos os transmontanos espalhados pelo Mundo, que venham conhecer o projecto Varandas de Trás-os-Montes, que foi concebido junto da Câmara Municipal de Alfândega da Fé e Grupo Alfandegatur a pensar nas nossa gentes, de forma a poderem adquirir uma vivenda de luxo ou apartamento hotel de luxo integrado no existente Hotel & SPA Alfandega da Fé”, refere o proprietário do Grupo Alfandegatur, Jorge Morais.
As moradias têm áreas entre 130m² e 150m², oferecem 1 suite e 2 quartos com camas de casal e Wc´s, uma sala ampla com sofá e poltronas, TV plasma, mesa para 8 pessoas, cozinha kitchenet e uma varanda panorâmica.
Podem ainda usufruir de piscina aquecida interna e externa, jacuzzi interno e externo, sauna, ginásio, banho turco e descontos em todos os serviços do Hotel&Spa de Alfândega da Fé.
“A região de Trás-os-Montes pelas suas ímpares características naturais, pelas mais belas paisagens e uma tradição gastronómica indissociável da arte de “bem receber” é o resultado de uma paixão comum de todos os intervenientes da Rota do Azeite de Trás-os-Montes”, acrescenta Jorge Morais.

MEMÓRIA DE FAMÍLIA

Estas casas terão também uma particularidade que será um factor diferenciador face à oferta existente, serão uma espécie de centro de memória da família pois terá uma decoração com toda a informação das raízes do comprador e que dará a conhecer toda a sua história.
“Todas as gerações da sua família poderão saber quem é, de onde vem e o que fez. Na verdade será possível observar as fotografias de família com toda a sua história e também da sua terra de origem. Assim, perpetuará as suas raízes num design único e artístico”, explica Jorge Morais.

OS HERDEIROS FICARÃO TAMBÉM COM NEGÓCIO

Para a presidente da Câmara Municipal de Alfândega da Fé este projecto vai dar dignidade à diáspora transmontana, aqueles que outrora saíram e não esqueceram as suas raízes.
“Queremos acolhê-los com a dignidade e respeito que merecem. Este aldeamento turístico de cinco estrelas, em Trás-os-Montes, é uma oportunidade para criarem aqui o seu lar e preservarem a vossa memória familiar. Tudo isto com a vantagem de investirem num negócio rentável”, refere a autarca.

ROBERTO LEAL COMPRA A PRIMEIRA CASA

O cantor transmontano fez questão de comprar primeira casa.
“Além de adquirir uma casa lindíssima numa região excepcional, fiz um investimento que vou rentabilizar. Deixarei assim uma herança de excelência aos meus, não é uma simples casa mas sim um negócio. Hoje não há desculpas para não ir a Trás-os-Montes, as vias de comunicação, nomeadamente, as estradas são muito boas e acessíveis a toda a gente por isso só temos de mostrá-la ao mundo”, frisa Roberto Leal.
Para Roberto Leal este empreendimento é o reflexo de uma estratégia muito bem pensada e altamente necessária para o desenvolvimento turístico da região. “Com uma vista soberba sobre o Trás-os-Montes é, sem dúvida, uma oportunidade excelente para quem, tal como eu, tem orgulho nas suas raízes adquirir uma vivenda que, na verdade, guardará a nossa memória”, conclui o cantor.

PROMOÇÃO EXTERNA

A Câmara Municipal de Alfândega da Fé em parceria com o grupo privado delineou uma estratégia de modo a criar uma oportunidade para a diáspora de Trás-os-Montes no Brasil poderem adquirir património sustentável para que os seus descendentes nunca venham a perder as suas raízes.
A Rota do Azeite de Trás-os-Montes que conta já com 200 pontos de venda de produtos transmontanos no Brasil é também parceiro, aliando turismo ao produto.
O início da construção do empreendimento, que na primeira fase serão de 20 moradias, está previsto para Novembro e estará concluído entre 24 e 36 meses.

Roberto Leal nomeado embaixador de Alfândega da Fé no Brasil

No passado dia 14 de agosto, Roberto Leal recebeu o título de embaixador de Alfândega da Fé para atracção de investimento da diáspora no Brasil. Berta Nunes, Presidente da Câmara Municipal, entregou ao artista o diploma que oficializa a sua ligação a este concelho transmontano. Uma iniciativa que pretende atrair os luso-descendentes que se encontram no Brasil, captando investimento para o concelho.
No concelho de Alfândega da Fé há vários emigrantes no Brasil, alguns dos quais já regressaram e estão já a investir no concelho. Exemplo disso é João Gabriel. Este jovem empresário, natural de Gebelim, regressou recentemente à sua terra natal para investir na área da agricultura.
A autarquia pretende tornar o concelho num local atrativo, para se viver, visitar e investir, tentando captar investidores do outro lado do Oceano Atlântico. Por esse motivo associou-se ao projeto da Associação de Desenvolvimento da Rota do Azeite de Trás-os-Montes que tem já em marcha ações de promoção da região transmontana no Brasil para atração de investimento da diáspora, assim como a exportação de vinho, azeite e frutos secos.

Adicionar comentário