Revista Raízes - Sempre perto de si.|Segunda-feira, Setembro 25, 2017
Você está aqui: Início » Tema Especial » Aumento da produtividade é alvo de estudo
  • Procure um artigo

Aumento da produtividade é alvo de estudo 

IMG_4497

Devido a alguns erros na instalação e maneio do amendoal que se têm vindo a verificar e que não permitem obter a produtividade desejada, a Cooperativa Agrícola de Alfândega da Fé está desenvolver o projecto “Estratégicas integradas para o aumento da produtividade da amêndoa em Trás-os-Montes” em parceria com a AmêndoaCoop, Instituto Politécnico de Bragança (IPB) e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Este projecto tem como objectivos a implementação e avaliação de estratégias integradas para aumentar a produtividade da amendoeira. Para concretizar estes objectivos foram instalados três campos experimentais onde está a ser implementado um conjunto de tecnologias culturais integradas nas seguintes linhas de acção: Porta-enxertos, variedades e sistemas de condução; gestão do solo de fertilização; monitorização e luta contra as principais pragas e doenças; rega deficitária e luta contra a geada.

O presidente da Cooperativa Agrícola de Alfândega da Fé, Eduardo Tavares, diz que há 15 anos em Trás-os-Montes, e especificamente em Alfândega da Fé, decidiu-se apostar em força no amendoal, reconvertendo até alguns cerejais, mas cometeram-se alguns erros na sua instalação que limitou a produção. Este projecto vai tentar colmatar algumas dessas falhas. “Sentimos que foi uma aposta muito positiva, no entanto, teve alguns aspectos menos positivos, aspectos que consideramos que são importantes rever na medida em que são pormenores que falharam na altura da projecção de novos pomares como por exemplo nos compassos, no maneio e na poda”, refere Eduardo Tavares, acrescentando que tem-se vindo a assistir numa forma geral, na região e no concelho, a erros semelhantes. “Existe falta de apoio, de conhecimento porque a amendoeira tradicionalmente foi uma cultura instalada em terrenos menos férteis, uma cultura mais marginal em terrenos pobres, nunca se deu a devida atenção a certos aspectos e por isso as nossas produções não são as expectáveis”, esclarece.

A Cooperativa Agrícola de Alfândega da Fé vai instalar cerca de 30 hectares de amendoal no concelho. Auscultando as necessidades dos agricultores, a Cooperativa resolveu avançar com o projecto “Estratégicas integradas para o aumento da produtividade da amêndoa em Trás-os-Montes” numa primeira fase em conjunto com o IPB mas depois consideraram que era necessário alargar o projecto a toda a região e envolver outras entidades dada a importância deste sector.

 

Reportagem para ler na íntegra na edição impressa.

Adicionar comentário