Revista Raízes - Sempre perto de si.|Terça-feira, Setembro 19, 2017
Você está aqui: Início » Desporto » Bruna Lopes a primeira mulher campeã de motociclismo em Portugal
  • Procure um artigo

Bruna Lopes a primeira mulher campeã de motociclismo em Portugal 

10419571_1112751995403721_7612702048365127262_n

Há cerca de um ano avisámos que Bruna Lopes era um nome fixar. A piloto brigantina de apenas 13 anos alcançou um feito inédito. É a primeira mulher a vencer o campeonato nacional de velocidade em Portugal e é transmontana.

Uma princesa que se veste de rosa, mas que em vez de um cavalo tem uma mota e já é campeã nacional na categoria de 85 cc. Um título que vai ficar na memória de muitos pois Bruna Lopes é a primeira mulher a vencer este campeonato.

O Autódromo do Estoril foi onde correu a primeira vez e foi também onde no passado mês de Outubro recebeu o título.

A piloto, natural de Bragança, desde muito cedo mostrou vocação para o motociclismo. Aliás, o gosto foi transmitido pelo pai, Bruno Lopes, que também já andou nas andanças das corridas. “Desde muito pequenina que vejo o meu pai a fazer competições. Os meus pais têm oficina e eu sempre vivi no mundo das motas”, conta.

Um ano mágico

A correr em dois campeonatos e com a escola Bruna não pára, nem ela nem a sua equipa que não a larga nem por um minuto. Ainda antes de falar do título Bruna começa a conversa por agradecer à Astro Surpresa Associação, aos pais, amigos e patrocinadores a quem dedica esta vitória.

Um campeonato com alguns percalços                                               

Bruna Lopes já provou que não desiste facilmente e na prova anterior a piloto tinha sofrido uma queda no Circuito Vasco Sameiro, em Braga, que a impediu de realizar as duas provas marcadas para esse dia adiando a conquista do título para a última corrida. “Não perdi nunca a esperança. Desde a primeira prova, que venci, fixei um objectivo e alcancei-o. Sinto-me muito feliz”,  frisa a transmontana.

Um ano duro em que para além de participar no campeonato nacional participou também no Campeonato Espanhol de Velocidade (CEV), este último pela primeira vez. “Foi uma gestão minuciosa de agenda e houve provas que até coincidiram”, explica.

“Já mostrei garra agora preciso dinheiro”

Com apenas 13 anos Bruna tem plena noção dos custos que estas provas acarretam aos pais e patrocinadores. “A garra está cá agora, para além dos que já me ajudam, preciso de mais patrocinadores para continuar este sonho”, diz sem papas na língua.

Bruna Lopes conseguiu o título tão desejado: é campeã nacional de velocidade em 85 cc e a primeira mulher no país a conseguir este feito.

 

Artigo para ler na integra na edição impressa.

Adicionar comentário