Revista Raízes - Sempre perto de si.|Terça-feira, Novembro 21, 2017
Você está aqui: Início » Gente de Cá » ISABEL MATEUS: Uma escritora que leva Trás-os-Montes ao mundo
  • Procure um artigo

ISABEL MATEUS: Uma escritora que leva Trás-os-Montes ao mundo 

site

Agarrada às suas origens Isabel Mateus vive no Reino Unido mas reserva sempre duas épocas do ano para poder visitar Portugal. Vem sempre no Verão e na Páscoa, esta ultima pelo motivo de apanhar o ano lectivo a decorrer para poder contactar com os jovens nas escolas. Conta com dez livros publicados, três deles bilingues, dois traduzidos para chinês e outro para inglês.

Isabel Maria Fidalgo Mateus nasceu em Quintas do Corisco, Felgueiras, Torre de Moncorvo onde fez a escola primária. Lá deixou as suas raízes porque a escrita estava-lhe na alma e por isso teve de se mudar para Torre de Moncorvo para continuar a estudar e lá concluir o 11º ano de escolaridade.
Como não havia a sua área na vila foi para a cidade de Braga onde fez Inglês, Francês e Literatura Portuguesa.
“Custou-me imenso deixar os meus amigos, foi uma mudança muito grande. Eram novos professores, novos colegas e a cidade era enorme”, recorda a escritora, acrescentando que os livros sempre foram a sua paixão e já em Torre de Moncorvo escrevia os seus poemas com uma sensibilidade que se destacava dos restantes jovens da sua idade.
A mãe de Isabel Mateus sempre a incentivou à leitura e à escrita. Mesmo numa altura em que os livros eram escassos e havia uma grande carência de bibliotecas sempre havia lugar para compra de livros. “A minha mãe tem apenas o ensino primário mas lia muito, quando ela está a ler um livro emaranha-se nele e que ninguém fale com ela e eu acho que sou como ela”, explica sorrindo, acrescentado que também houve sempre um incentivo à leitura por parte da sua irmã doze anos mais velha.

Artigo para ler na íntegra na versão impressa.

Adicionar comentário