Revista Raízes - Sempre perto de si.|Quinta-feira, Novembro 23, 2017
Você está aqui: Início » Desporto » João Geraldo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro
  • Procure um artigo

João Geraldo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 

geraldo em Baku 1

O jovem mirandelense João Geraldo, campeão da Europa pela selecção nacional, em 2014, vai marcar presença nos Jogos Olímpicos que vão acontecer, durante este mês, no Rio de Janeiro (Brasil), como suplente da equipa sénior de ténis de mesa.

Apesar de estar na condição de reserva, João Geraldo não esconde a alegria por fazer parte desta equipa na competição mais importante a nível mundial. “Estou de corpo e alma neste projecto com muito orgulho e convicto que a minha hora vai chegar, até porque o meu principal objectivo é marcar presença como titular nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020”, conta.

Refira-se que Geraldo tem apenas 20 anos, o mais novo do grupo português, contrastando com os 33 anos de João Pedro Monteiro, os 30 de Tiago Apolónia e os 28 de Marcos Freitas.

Perante este cenário, é bem provável que o craque mirandelense possa tornar-se, a curto prazo, num titular indiscutível da equipa nacional.

Depois de se ter sagrado campeão europeu, em Setembro de 2014, na competição realizada em Lisboa, João Geraldo ajudou ainda Portugal a arrecadar a medalha de ouro na estreia dos jogos europeus, uma espécie de jogos olímpicos da Europa, em Baku, na Eslovénia, no Verão de 2015.

Geraldo foi chamado à última hora à equipa, por lesão de João Monteiro, não tremeu e foi mesmo o único, dos três mesatenistas portugueses, que não perdeu qualquer jogo individual.

Começou a praticar ténis de mesa com seis anos de idade, no Clube Ténis de Mesa de Mirandela, onde se manteve durante 11 anos. Em 2013, com 17 anos, optou pelo profissionalismo.

Mais dois anos na Alemanha

João Geraldo assinou, há um mês, um contracto válido para as próximas duas temporadas, com o TTF Liebherr Ochsenhausen, uma das melhores equipas da superliga alemã.

 

Por Fernando Pires

Reportagem para ler na íntegra na edição impressa.

Adicionar comentário