Piscina Biológica de Vinhais

Localizado no extremo Nordeste do país, em pleno Parque Natural de Montesinho, o Parque biológico de Vinhais mostra tudo que se relaciona com a biologia e a natureza serrana: as plantas e os animais, selvagens e de raças antigas típicas da região. Inserido neste ambiente, encontra-se um parque de campismo rural, que oferece aos seus utentes uma piscina biológica. Com a implantação deste ecossistema aquático, o Parque biológico de Vinhais torna-se ainda mais atraente. O coaxar das rãs, que habitam no novo jardim aquático, cria um novo foco de interesse e um ambiente vivo para os utentes do parque de campismo. Além disso, cria ainda um cenário natural para todos os visitantes do Parque biológico e servir· para a educação ambiental e observação da natureza. Muitas das casas de madeira que constituem o Parque de campismo rural, encontram-se beira da piscina biológica, onde existem também espaços de estar e de descanso. Enfim, um refúgio perfeito para gozar dias de férias no meio da natureza. A Câmara de Vinhais, na posição de promotora deste empreendimento turístico, desenvolveu o projecto segundo uma linha marcadamente ecológica, com a intensão de preservar o ambiente natural em todas as vertentes. Com a Bio Piscinas, Lda. encontrou um parceiro competente para desenvolver o projeto da piscina biológica, que garante, com o seu tratamento natural da água, o respeito pela natureza e pelo meio ambiente de uma forma exemplar. Uma piscina biológica é uma piscina com tratamento biológico, ou seja, um lago balnear artificial. Composto por uma zona destinada ao banho e outro destinado depuração da água por processos biológicos e mecânicos, isto é, trabalha com um sistema natural de depuração de água. A piscina biológica apresenta uma forma elaborada, adequada ao local, seguindo no design, as formas naturais de lagos existentes na natureza. Consegue-se, desta forma, que o espelho de água se integre perfeitamente na paisagem da Terra Fria.

 

PRAIA FLUVIAL E PARQUE DE MERENDAS DE FRESULFE

No troço 10, em Mofreita, tomamos a EN 308 mas na direção de Vinhais, contrária ao itinerário da Rota, para visitar Dine e Fresulfe.

Independentemente da estação do ano vale a pena visitar a Praia Fluvial de Fresulfe pela bela paisagem do rio Tuela que aí se desfruta, podendo aproveitar também para visitar o moinho e fazer uma merenda nas mesas de granito espalhadas pelo espaço.

Claro que a grande atração é mesmo a praia fluvial que goza de excelentes condições. O lameiro, que mais parece um relvado, e que se eleva pausadamente sobre o rio, permite uma observação distinta sobre o Tuela, além da favorável exposição solar que permite uns bons banhos de sol.

Uma pequena represa nas proximidades do moinho, faz com que exista uma espaçosa zona para banhos, pontuada nas margens por alguns amieiros que proporcionam sombra à zona de descanso e parque de merendas. Na margem, entre algumas árvores foi colocada uma prancha de madeira para os mergulhos dos mais audazes.

 

A Raízes – Trás-os-Montes e Alto Douro em Revista é um projecto editorial generalista, de âmbito regional, cuja publicação periódica é mensal.

LER MAIS

SIGA A REVISTA RAÍZES NAS REDES SOCIAIS