Revista Raízes - Sempre perto de si.|Terça-feira, Setembro 19, 2017
Você está aqui: Início » Cultura » Sete Sóis e Sete Luas: Um festival distinto
  • Procure um artigo

Sete Sóis e Sete Luas: Um festival distinto 

Avalot.Foto

Alfândega da Fé recebe nos dias 1 e 8 de Setembro o festival Sete Sóis Sete Luas (SSSL), um evento internacional que já recebeu vários prémios e distinções. Aposta numa programação diferente e original que trabalha em rede. É nesta rede que se formam grandes artistas que ganham lugar de destaque.

Além de ser um espectáculo de grande nível, este festival promove o diálogo intercultural, a mobilidade dos artistas, a criação de formas originais de produção artística. A Rede Cultural é composta por 30 cidades de 11 Países do Mediterrâneo e do mundo lusófono: Brasil, Cabo Verde, Croácia, Espanha, França, Grécia, Itália, Marrocos, Roménia, Portugal e Eslovénia.
Também os produtos endógenos de cada cidade são parte integrante deste intercâmbio, contribuindo assim para o desenvolvimento económico local.
Realiza a sua programação no âmbito da arte e música popular contemporânea, com a participação de grandes figuras da cultura mediterrânica e lusófona.
Para este ano, dia 1 de Setembro, pelas 22h, no Largo São Sebastião, está programada a entrada em palco, pelas 21h30, de LES VOIX DES 7LUNES (Mediterrâneo): 5 músicos em palco.
Les Voix des 7Lunes é o nome da criação artística original 2016 made in Sete Sóis, surgida do trabalho conjunto de 5 prestigiosos músicos provenientes das diversas margens do Mare Nostrum e da Macaronesia. Portugal, Cabo Verde, Andaluzia, Israel (com a presença da cantora Éden Holan), Sul da Itália encontram-se, partilham tradições culturais e musicais e criam temas musicais inéditos que testemunham a possibilidade de compreensão e colaboração, transmitendo as vibrações emocionantes do Mediterrâneo.
No dia 8 de Setembro, pelas 21h30, é a vez do L’AVALOT (Catalunha): «DINOMAQUIA2 + INCENDIO!», um teatro de rua com grandes efeitos pirotécnicos, dinamizado por 7 actores de grande qualidade performativa.
L’Avalot é uma companhia de teatro de rua que em 1985 realizou o seu primeiro espectáculo e a partir daquele momento sempre teve grande êxito, conseguindo envolver milhares de espectadores nas suas performances. As produções artísticas de L’Avalot são de grande formato, com pirotecnia e grandes maquinas. O espectáculo “Incêndio!” conta o regresso dos dinossauros, apresentando uma espectacular parada de rua em diferentes pontos da cidade e o “incêndio” de um edifício do centro histórico.
Alfândega da Fé aderiu à rede Sete Sóis Sete Luas em 2010, sendo a única localidade da região Norte envolvida nesta diversidade cultural. Já com 8 edições, são inúmeras as iniciativas e os artistas que passaram por este concelho: 18 espectáculos musicais, 3 instalações artísticas, 3 conferências, 2 encenações de exterior.

Reportagem para ler na íntegra na edição impressa.

Adicionar comentário