Revista Raízes - Sempre perto de si.|Segunda-feira, Setembro 25, 2017
Você está aqui: Início » Gente de Cá » Transmontano de gema dá cartas na moda nacional
  • Procure um artigo

Transmontano de gema dá cartas na moda nacional 

by Xavier Rovira   (2)

Com 22 anos Hélder Afonso e um orgulhoso brigantino que chegou ao mundo da moda há quatro anos. Agenciado pela Central Models o transmontano é nova imagem da campanha de Homens & Sapatos Primavera/Verão de Miguel Vieira. A Raízes foi saber mais sobre o manequim que ainda vai dar muito que falar.

Na moda sente-se como peixe na água no entanto nunca tinha pensado ser modelo. “Não imaginava vir a ser modelo, as pessoas brincavam comigo e diziam que tinha potencial, nunca me imaginei a envergar neste mundo da moda . E até agora parece-me, modéstias à parte, fizemos um par à maneira”, refere com risos. Passou toda a infância em Bragança e na aldeia dos seus avós, Coelhoso. Vivo no Porto para poder esta próximo de Bragança e também de Lisboa, onde acontecem a maior parte dos trabalhos, gosta da cidade e confessa à Raízes que também está na Invicta para “poder estar mais perto da mulher que amo”.

Dedicado ao trabalho

Há quatro anos que decidiu mudar de vida e mostra-se feliz com seu percurso na moda. Hoje o modelo garante ser um homem realizado e muito dedicado ao trabalho. “Hoje pensando em tudo de uma forma mais distanciada acredito verdadeiramente “que tinha de ser” como que todos os caminhos que seguisse iam inevitavelmente dar a este rumo que escolhi e onde me encontro. É isso que sinto, veio lentamente, como o inicio de uma musica que adoramos, e quando damos por nós estamos a dançar completamente envolvidos no ritmo dela e amar cada segundo da melodia, até que, desta forma que explico, se apoderou completamente da minha vida”, refere Hélder Afonso.

Nova cara do estilista Miguel Vieira

Hélder Afonso é a nova imagem da campanha de Homens & Sapatos Primavera/Verão de Miguel Vieira. Um trabalho com que tem aprendido muito. “Esta troca, de experiências, de conversas, de trabalho, de aprendizagem, foi a melhor parte desta minha conquista. O reconhecimento foi só uma feliz consequência disso”, disse o manequim. No que toca a referências o transmontano diz ter até um mestre, um mentor. “António Romano foi um dos primeiros manequins portugueses a viajar por esse mundo fora e fundou a primeira agência nacional que ainda hoje existe e que é a minha, a Central Models. Mas muito mais do que pela profissão que abraçou e pelo caminho que seguiu, sinto-o como meu, olho-o como exemplo, pelo ser humano e profissional que é”, confessa.

Foto: Xavier Rovira

Reportagem para ler na íntegra na edição impressa.

Adicionar comentário