Visita guiada por Freixo de Espada à Cinta

Propomos-lhe três visitas por Freixo de Espada à Cinta. Começamos pelo Museu da Seda e do Território, seguimos para o Museu Regional Casa Junqueiro e terminamos na Casa do Poeta.

Herdeiro do antigo Museu do Território e da Memória, então localizado na antiga Casa da Cadeia, o atual Museu da Seda e do Território, inaugurado a 18 de Agosto de 2015, alberga todo o acervo etnográfico, arqueológico e geológico do antigo espaço museológico, a que se lhe junta um espólio, recente, associado à seda, imagem icónica não apenas do atual museu, localizado no Largo do Outeiro, em pleno Centro Histórico, mas também de Freixo de Espada à Cinta.

Único território de toda a Península Ibérica onde ainda se labora a seda de forma 100% artesanal, o Museu da Seda responde com esmero a essa tradição, bem visível na exclusividade do piso superior.

Neste espaço físico podemos encontrar recursos multimédia que explicam todo o processo da seda (desde a plantação das amoreiras até ao produto final), evidencia-se a sala de exposição e venda de peças concebidas em processo artesanal pelas artesãs que aí trabalham em típicos teares.

 

 

É deste processo que saem peças variadas, designadamente echarpes femininas, carteiras, gravatas e outros acessórios. Terminada esta visita seguimos para a Rua de São Francisco.

 

 

Museu Regional Casa Junqueiro

Este espaço museológico ocupa o rés-do-chão daquela que foi a casa de José António Junqueiro, pai do Poeta Guerra Junqueiro e popularmente conhecido como “Junqueiro Velho”. De cariz etnográfico, com seis salas que refletem uma vivência social e económica própria de uma casa abastada da segunda metade do séc. XIX (é o caso da Sala de Vestuário) e alguns anos do séc. X, onde pontifica uma reprodução fiel do sóto, antigo comércio tradicional e local.

 

Casa do Poeta

Aqui nasceu Guerra Junqueiro, o Poeta que partiu de Freixo de Espada à Cinta para o Mundo. Aberto ao público a 15 de Setembro de 2016, data coincidente com o nascimento do Poeta, o edifício de construção acanhada, reparte-se pelo rés-do-chão e 1º andar, onde se expõem, em painéis, a biobibliografia de Guerras Junqueiro, para além de outros elementos associados à vida do Poeta. Para terminar a visita a Freixo de Espada á Cinta aproveite e vá até à Praia Fluvial da Congida mergulhar.

 

Por Joana Gonçalves

A Raízes – Trás-os-Montes e Alto Douro em Revista é um projecto editorial generalista, de âmbito regional, cuja publicação periódica é mensal.

LER MAIS

SIGA A REVISTA RAÍZES NAS REDES SOCIAIS